terça-feira, 12 de julho de 2011

Reafirmação

Cada dia mais me convenço de que um coração sozinho é praticamente inerte nesse mundo, enquanto dois corações juntos conseguem ter a força de mil batalhões. É essencial a partilha, a divisão de sentimentos que funciona como agente multiplicador. Seja o amor de um irmão, de um amante (e inclua-se aqui todos aqueles a quem dedicamos amor - namorados, maridos ou seja lá qual for a classificação), de um pai, de uma mãe, de um filho ou de um amigo, não importa! E não falo de estar juntos para não estar sozinho, falo de estar juntos para o que der e vier, juntos na concepção mais ampla de entrega. Entrega de corpo e alma, aquela que não abre espaço para interrogações. Aquela entrega em que, por pior que seja a tormenta, você olha para dentro (sim, para dentro!) percebendo que não está sozinho e, de alguma forma, isso te dá coragem para não desistir ainda que diante de um exército de proporções romanas.



¨



"FUNDAMENTAL é mesmo o AMOR, é IMPOSSÍVEL ser FELIZ sozinho!" (Tom Jobim)

5 comentários:

VÂNIA NOVAIS disse...

AMEI "REARFIMAÇÃO"! É A MAIS SIMPLES E PURA VERDADE! ESTÁ CADA VEZ ARRASANDO MAIS, NAS SUAS POSTAGENS!

Artes e escritas disse...

O amor a Deus na figura de todos aqueles que estão a nossa volta. Um abraço, Yayá.

I'll take everything disse...

Tudibom!!!!

Amor e outros delírios disse...

O triste mesmo é a solidão a dois... e infelizmente ela é mais comum do que parece.
Achei lindo seu blog!
Beijos da Marie

Morgana Novais disse...

Obrigada, Marie! Seja bem-vinda sempre!!!! um beijo.